Robô Gigante (EP)

janeiro 17, 2009 at 10:05 pm Deixe um comentário

AS NOVAS AVENTURAS DO ROBÔ GIGANTE (por Jimi Joe – inverno/2007) Não é desenho animado japonês, mas que tem alguma coisa de oriental nisso tudo, não há como negar. Prova disso é o resultado das novas aventuras sonoras do povo da Robô Gigante. É um samba enviesado com cara de rock. Ou talvez um rock descarado com jeito de samba do bom, aquele com pandeiro e cavaquinho. Mas a galera da Robô Gigante vai muito além disso nas canções que desfia nesse trabalho. As guitarras de Marcelo Truda, um dos guitar heros gaúchos que na verdade podia pertencer à uma seleta league of gentlemen bolada por um tal Robert Fripp lá do outro lado do Atlântico, dão o timbre de rock no papo da Robô Gigante, mas os versos do outro Marcelo, o Guimarães, o da voz e dos versos, fazem a reviravolta da parada, citando Lupicínio, remetendo a Paulinho da Viola na sua fase de modernização do samba. Uma voz que canta samba mas soa como rock. Um rock que soa como samba mas não perde o pathos típico do rock. E talvez porque, como já apregoou o velho pândego Chacrinha, eles estejam aqui pra confundir e não para explicar, ainda há a batida certeira do baterista Rick de La Torre e o acréscimo de elementos eletrônicos e samplers irados, saídos direto da cozinha sônica do chef Flu, que funcionam como o tempero ideal para dar o sabor que a gente degusta quando ouve Hoje Eu Resolvi Beber ou Seis da Manhã, crônica de inspiração chicobuarquiana sobre o cotidiano de um casal tipicamente popular. Porque eles vêm do rock mais tradicional que já rolou pelas terras sulistas (Bixo da Seda, Taranatiriça), mas eles também têm a manha e as artimanhas de todo brasileiro que sabe que o furo é mais embaixo e que basta um pouco de carinho, um cavaquinho, um violão manhoso, uma voz rouca e uma guitarra com wah-wah, tudo bem mixado para se conseguir um som que é tudo o que os gringos lá fora gostariam de fazer mas não sabem como. Afinal, o som da Robô Gigante não é samba de pé quebrado nem samba de gringo de ouvido torto mas um som que é a soma de todas as variantes que rolaram e rolam na música popular do planeta nos últimos 40 anos. Sem medo de prestar tributo à aldeia que permitiu à Robô Gigante forjar sua sonoridade, em Não Me Tira Pra Bobo os caras revisitam a interminável e recompensadora via crucis etílica dos bares da provinciana e provocante Porto Alegre. Mas isso de localização geográfica é só questão de detalhe. O som da Robô Gigante não é rock gaúcho como alguns poderiam entender ou pretender rotular. Não que eles não digam, loud and proud, que são gaúchos, herdeiros espúrios da tosquice e da chinelagem inerente àqueles que nascem na chamada região pampeana. Mas a música que a Robô Gigante faz pode ser entendida, sem problemas, em qualquer canto desse nosso planetinha azul e globalizado. Até mesmo lá no Japão, onde eles foram buscar inspiração para o nome do grupo…

Download

Anúncios

Entry filed under: Robô Gigante.

DNA apoia: Terça do Vinil MIXTAPE DANCEHALL BRASIL (2008)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 651,026 hits

%d blogueiros gostam disto: