Comissão da Câmara aprova regulamentação da profissão de DJ

maio 20, 2010 at 7:34 pm 4 comentários

NANCY DUTRA
da Sucursal de Brasília
A Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (12) a regulamentação da profissão de DJ (disc-jockey). Para entrar em vigor, o projeto ainda precisa ser analisado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).
De autoria do senador Romeu Tuma (PTB-SP), a proposta exige dos DJs diploma de curso profissionalizante, carteira profissional de habilitação e certificado de capacidade profissional emitido pelo sindicato da área.
A exigência de registro é um dos pontos que gera controvérsia entre os profissionais da área. Outro dispositivo polêmico é o que prevê a participação de 70% de DJs nacionais quando um evento escalar um DJ estrangeiro.
“O DJ pode ser, sim, equiparado aos artistas, se considerarmos o efeito que a manipulação do som causa nos frequentadores das casas noturnas. Atualmente temos espetáculos muito concorridos, com a presença de milhares de espectadores, em que a estrela é o disc-jockey”, disse o relator na Câmara, deputado Sabino Castelo Branco (PTB-AM).
Anúncios

Entry filed under: Sem categoria.

[DNA apoia] Murilo França – Clássicos e Raridades em Vinil… Tulipa Ruiz (2010 – Efêmera)

4 Comentários Add your own

  • 1. Pedro Thiago  |  maio 20, 2010 às 8:09 pm

    Muito massa, identificados como classe trabalhadora, os DJ ganharão em representatividade, direitos trabalhistas, etc. Parabés!

    Responder
  • 2. D.Srtª  |  maio 25, 2010 às 11:50 pm

    NOSSA!Eu na minha ignorância não sabia que não havia regulamentação para essa profissão. Bom, já não era sem tempo, né?!Adimiro muito o talento destes profissionais e, como disse o Pedro Thiago, agora eles "ganharão em representatividade, direitos trabalhistas " e claro mais RESPEITO.Parabéns a classe pela conquista!!www.dsrta.blogspot.com

    Responder
  • 3. password: djjamaikafunk  |  maio 26, 2010 às 12:55 pm

    Beleza, agora os Djs sairão da ilegalidade né não??? assim que é!!! pazzzz.

    Responder
  • 4. frederico  |  junho 10, 2010 às 3:10 pm

    regulamentaçao eh otimo, mas exigencia de registro esbarra na censura. E essa merda de 70% de DJs brasileiros em eventos?

    Prestem atençao. Isso vai virar uma OMB ainda mais autoritaria.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 651,020 hits

%d blogueiros gostam disto: