Marku Ribas (2010 – 4 Loas)

janeiro 5, 2011 at 5:50 pm Deixe um comentário

Marku Ribas (Marco Antonio Ribas), Pirapora, MG.
O único brasileiro a gravar com os Rolling Stones!

“Um dos verdadeiros arquitetos da Música Brasileira”: é assim que a nova geração se refere ao grande músico e compositor Marku Ribas.

Sua múltipla e rica música é uma mistura de variados ritmos brasileiros com elementos afros do Caribe, balanço black, jazz, entre tantas outras tendências que ele ouve e ouvia em casa, influenciado pelo pai, um médico apaixonado pelas artes, e pela mãe, criadora de brincadeiras lúdicas.

Dono de uma discografia ímpar e participações em vários trabalhos de outros artistas, seis filmes longa-metragem e muitos shows pelo mundo afora, Marku continua na ativa, com a criatividade a toda e muito trabalho e projetos em andamento. Toda essa ebulição de idéias do vulcão Ribas, já tão conhecida de seus admiradores, além da musicalidade autêntica, não param de conquistar fãs, no Brasil e no exterior.

Nos últimos anos Marku desenvolveu parcerias com incríveis nomes da nova geração da música brasileira, como Clube do Balanço, Ed Motta, Max de Castro, Arnaldo Antunes, BiD, Barbatuques, Paula Lima, Curumin, Os Opalas, Marcelo D2, entre outros.

Trajetória interessante fez “Zamba Ben”, uma de suas músicas mais conhecidas, que virou cult em baladas por todo o país como o “hino do samba-rock”, foi sampleada por vários DJs e regravada por outros artistas.

Marku gravou com grandes músicos, tais como João Donato, Wilson das Neves, Edison Machado, Erlon Chaves, Raul de Souza, Romero Lubambo, Artur Maia, Maurício Einhorn, Sebastião Tapajós, Luizão Maia, Sivuca, entre outros, no Brasil.

Com Mick Jagger participou do videoclipe da música “Just another night” (Rio de Janeiro, 1984), e com os Rolling Stones, no disco “Dirty Work” (Paris, 1985, na faixa “Back to Zero”), abriu o show de James Brown em Barbados (1974), do contrabaixista Ron Carter na Ilha de Martinica (1971) e foi o único brasileiro a se apresentar durante as comemorações da Independência da Namíbia (África), em 1990.

Download


Anúncios

Entry filed under: Marku Ribas.

Madalena Moog (2010 – Samba pro seu dia) Academia da Berlinda (2011 – Olindance)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 650,733 hits

%d blogueiros gostam disto: