Penna Firme (2010 – Levando a vida assim)

março 2, 2011 at 1:02 am 1 comentário

O disco de estréia do compositor Penna Firme, “Levando a Vida Assim”, trás ao público amante da música popular brasileira um universo melódico e rítmico instigante e singular. .. Explorando diferenciadas texturas musicais e sonoridades diversas, o autor vai do regionalismo do samba (malandro Sarapa), até os sons mais cosmopolitas (Um corpo Só), criando uma ambiência globalizante que realça sua poesia. .. Em sua obra, o compositor elege seu cotidiano e suas experiências de vida para falar da difícil arte de viver, retratando em suas composições seu jeito especial de estar no mundo. Enquanto se move entre a narrativa autobiográfica, a pura fantasia ou até o sonho, a memória e a ficção se confundem, criando uma nova realidade. .. Com um olhar dirigido para o dia a dia dos indivíduos na urbe, fala da vida agitada e impessoal nas ruas, dos amores e desamores, das pessoas e das coisas anônimas, da falta e da busca por uma identidade, das ações simples e repetidas e ricas em conteúdo, que às vezes não nos damos conta que realizamos. “Todo dia é a mesma agonia, a rotina a se repetir e você não consegue pensar, não consegue fugir…” e que, para ele, se traduz em nossos pensamentos, desejos, emoções e sentimentos mais variados e profundos. .. Ao colocar-se como personagem central desta trama existencial, o Autor acaba por referir-se, também, à realidade na qual que vivem as pessoas em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, e por extensão, sobre a vida que, no geral, se leva nos grandes centros urbanos. .. Seu trabalho é composto por dez canções de sua autoria, sendo algumas delas com parceiros, como: Gabriel Moura, Tiago Mocotó, Gabriel Improta, Pedro Moraes, Rafael Kalil e tem como uma de suas características a força da poesia deste jovem e versátil compositor carioca. .. Ora de forma simples e direta, como em “Levando a Vida”, para falar do cotidiano carioca, “eu vou levando a vida assim, seguindo o curso natural, às vezes bem, mas outras vezes mal”, ora utilizando metáforas para se expressar, como no bolero “Sonho Breve”, ao falar de devaneios amorosos, “…e mergulhar em seus cabelos, penetrar os seus castelos, desfazendo seus novelos, dar um beijo nela”. .. A referida produção musical é assinada por Rodrigo Campello (Roberta Sá, Pedro Luis, Fernanda Abreu, entre outros). Os arranjos são de Henrique Band, Luis Barcelos, Thiago Silva, além de contar com a participação de músicos consagrados como Bnegão (Planet Hemp), Junior Tostói (Lenine), Sidão (Seu Jorge), René Rossano (George Israel) além da nova geração como Nina Wirtty. .. Este CD representa de dez anos de trabalho do compositor e, também, reflete todo seu trabalho de pesquisa como compositor e sua prática musical como instrumentista. .. Sobre o Artista – .. Compositor carioca, Penna Firme vem consolidando, nos últimos anos, sua carreira profissional. Em 2002, foi agraciado em Segundo lugar no concurso “Jovens Talentos”, da prefeitura do Rio de janeiro, em parceria com Gabriel Improta; em 2006 ganhou o prêmio “Trama Cultural” com a música Caminho de Casa, interpretada pelo grupo Acuri. Classificou-se também nos concursos Samba de Quadra (Light) e casa de Samba; participou em transmissões radiofônicas e televisivas nas radios Nacional, Bandeirantes e na TV Brasil. .. Suas letras, sempre muito sonoras e musicais, são inspiradas em temas sociais cotidianos e em situações amorosas. Essas, sempre bem humoradas e com uma certa dose de inocência. Penna firme procura preservar a estrutura de cada gênero musical, porém deixando sempre sua marca. As histórias dessa nova crônica carioca transitam por diferentes estilos: do samba de raiz à gafieira, da pista de dança à canção introspectiva. Escreve letra, em parceria com grandes melodistas, letra e música, e música instrumental. Compôe para blocos carnavalescos, grupos, cantoras e ainda interpreta suas próprias canções em casas noturnas do Rio de Janeiro. .. Em sua trajetória artística, o músico se fez notar por suas composições e por sua atuação como intrumentista ao violão de sete cordas. Acompanhou músicos consagrados como, por exemplo, Xango da Mangueira, Monarco, Daúde, Arlindo Cruz, Luis Alves, Walter Alfaiate e com grande parte da nova geração de músicos locais, Apresentou-se no Carioca da Gema (onde foi finalista no concurso de novos Talentos 2007), Bar da Ladeira, Teatro Odisséia, Rio Scenarium, Estrela da Lapa, Cachaçaria Mangue Seco, Casa Rosa, Espelunca Lounge, entre outros. Em seu primeiro disco, previsto para esse ano, Rodrigo vai apresentar composições de sua autoria e de seus parceiros musicais.

Download

Anúncios

Entry filed under: Penna Firme.

Vendo 147 (2010 – Vendo 147) Thiago Correa (2010 – The beauty of summer africa)

1 Comentário Add your own

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 650,608 hits

%d blogueiros gostam disto: