Posts filed under ‘Sandra Belê’

Sandra Belê (2011 – EncarnadoAzul)

Sandra Belê carrega em seu repertório o sentido de lembranças, saudades, emoções e tempos de outrora. A sua vivência com reisados, pastoris, aboios, benditos, romances, forrós tem lhe proporcionado uma interpretação singular, da qual surge a forte identidade que carrega na voz quando interpreta as encantadoras obras do cancioneiro nordestino. Zabelê, cidade do Cariri paraibano, foi seu berço de ouro, lá nasceu, cresceu e aprendeu a admirar as paisagens, os cheiros e os sons duma terra árida, porém fértil para as mais variadas formas de sobrevivência.

Entre os anos de 2004 e 2005 Sandra Belê gravou o Cd Nordeste Valente, o primeiro de sua carreira. Um ano depois encontrava-se na cidade de Taperoá/PB, onde participou como atriz-cantora das gravações da microssérie global A Pedra do Reino do escritor Ariano Suassuna. Com o Cd Nordeste Valente ela participou da coletânea de músicas da Pedra do Reino, organizada pela Som Livre, e da coletânea do Projeto Esquina Brasil, organizada pelo SEBRAE, entre outros. Tem estado presente no mercado cultural da cidade do Recife/PE, Campina Grande/PB, João Pessoa/PB e na região do Cariri Paraibano, através de eventos populares e institucionais. No ano de 2008 Sandra Belê participou do projeto Sete Notas do Sesc Centro de Campina Grande, interpretando o compositor cajazeirense chamado Zé do Norte , surgindo assim o show “Sandra Belê canta Zé do Norte. No mês de agosto, também no projeto Sete Notas a cantora realizou o show “João do Vale – O Poeta do Povo”.

No ano de 2009 lançou o CD intitulado “SE INCOMODE NÃO”, que apresenta o universo romântico do povo nordestino através dos ritmos do xote, arrasta-pé, xaxado, baião e forró é repleto de músicas para dançar, como as tradicionalmente presentes nos repertórios de Luiz Gonzaga, Alcimar Monteiro, Trio Nordestino, Marinês, Gordurinha, Três do Nordeste, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro e também no repertório dos novos intérpretes e compositores nordestinos como Marrom Brasileiro, Ranjel Júnior, Carlos Zens, Ilmar Cavalcante, Antônio Costa, Xico Bezerra e muitos outros.

Entre os anos de 2010 e 2011, a cantora gravou seu terceiro CD, intitulado “EncarnadoAzul”, onde o mesmo está saindo da fábrica trazendo lembranças de pastoris ao som de violão, sanfona, bateria, trompete, percussões de efeito, viola, cavaquinho, vocais e um show de contemporaneidade.

Luíz Gonzaga, João do Vale, Gordurinha, João do Vale, Zé do Norte, Dominguinhos, Benedito do Rojão, Sivuca, Marinês, Gonzaguinha, Reisados e Pastoris são algumas das infinitas luzes que fazem com que Sandra Belê cante um passado cheio de amores, desamores e imagens que nos remetem à infâncias brincadas, sofridas, vividas.

Download

Anúncios

abril 30, 2011 at 1:50 pm 1 comentário


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 651,208 hits