Posts filed under ‘Solis’

Solis (2011 – Camucais)

A cantora e compositora Solis iniciou sua carreira cantando bossa-nova e música latina. Em 2001, apresentou-se em diversas casas noturnas de Washington D. C. (EUA), acompanhada pelo harpista Silvio Solis, seu pai, que mora na América do Norte há mais de 20 anos. Também se apresentou no Festival de Folclore de Nova York, nos anos de 2001 e 2003. Ao retornar ao Brasil, em 2004, iniciou o projeto Tanta Saudade, com músicas de Chico Buarque. No ano de 2007, começou a cantar samba, participando de alguns eventos no Recife, como “Samba e Choro na Moeda” e “Samba nos Mercados”. O interesse musical de Solis pela cultura de origem africana começou na infância. Ao lado de sua casa, em Olinda/PE, havia um terreiro de candomblé de onde vinham sons de atabaques e ilus. A partir de 2007, começou a estudar mais sobre as nações ketu e nagô (PE). Compôs algumas músicas em yorubá, língua nativa da Nigéria e gravou um EP com orins – cânticos da religião dos orixás. O gosto pela musicalidade negra levou a cantora aos ritmos africanos contemporâneos, como o afrobeat, o semba e outros ritmos de Cabo Verde, Angola e Moçambique.

Após o contato com o artista caboverdiano Tchida, começou a se interessar mais especificamente pelos ritmos de Cabo Verde, como a coladeira, o funaná, o batuque e a morna, além de conhecer a música de artistas como Ferro Gaita, Mayra Andrade e Tito Paris. Sua atração pelos sons do continente negro fez com que a artista traçasse um paralelo entre os ritmos africanos e a sonoridade da música popular brasileira presentes no seu CD solo, Camucais, que será lançado em abril de 2011. Camucais trás a África presente na música popular brasileira e os elementos pops da música contemporânea mundial. É alegre, dançante, romântico e segue por caminhos pouco comuns para mostrar elementos musicais pulsantes com criatividade e personalidade. Estas confluências são perceptíveis em músicas como Ali Coladeira, que conta com a voz de Isaar, e Mariana, com participação de Tchida. O álbum de estréia de Solis foi gravado no Fábrica Estúdios (PE) e masterizado no Classic Master (SP). A produção musical é de Juliano Holanda e Fumato e os arranjos de Ivan do Espírito Santo, Areia, Tom Rocha, Fumato e Juliano Holanda, músicos que também participam das gravações.

Download

Anúncios

março 5, 2011 at 12:55 am Deixe um comentário


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 650,921 hits