Posts filed under ‘Totonho e os Cabra’

Totonho e os Cabra (2005 – Sabotador de Satélite)

Totonho não para quieto. Foi essa coceira que o tirou do interior da Paraíba e o levou para a capital, da banda de latas para a cooperativa de compositores. Totonho não pára quieto e não vai ficar esperando seus ouvidos encontrá-lo. Conheceu as beiradas do Brasil e os cantos do Rio de Janeiro até que parou. Não Totonho, mas seus trabalho. Parou nos ouvidos do produtor Carlos Eduardo Miranda e não saiu mais.

E Totonho ainda não parou. Essa parceria que gerou em 1999 o disco Totonho e os Cabra, acaba de render mais um excelente trabalho. O CD Sabotador de Satélite é uma obra que fantástica que se apropria da música folclórica brasileira e a retransforma, criando um batidão digital que emula os repentistas Paraibanos em uma festa tecnológica.

Mas se você pensa que a última grande agitação de Totonho foi seu excelente CD está enganado. Totonho inaugura uma nova fase da gravadora Trama. É que seu CD é o primeiro licenciado pela gravadora em Creative Commons. A Trama já havia iniciado um namoro com o CC utilizando as licenças no seu portal Trama Universitário. Namoro este que rendeu a tradução para português do livro Cultura Livre de Lawrence Lessig. Agora a gravadora abraça o projeto e inicia a utilização das licenças em suas músicas. E quem melhor do que Totonho para dar o ponta-pé inicial.

  1. 1. Jaspion do Pandeiro
  2. 2. Poeira Estelar
  3. 3. O Homem Pisou na Lua
  4. 4. Eu Mandei Meu Amor pro Espaço
  5. 5. Argemira
  6. 6. Totonho Venha Salvar o Mundo
  7. 7. A Era Espacial
  8. 8. Você Tá Doida pra Me Dar
  9. 9. Tenente Jeff
  10. 10. Rita Leea de Itamaracá
  11. 11. Sabotador de Satélite
  12. 12. Saneamento Básico

Download

agosto 5, 2009 at 11:12 pm Deixe um comentário

Totonho e os Cabra (2001)

Ainda que reivindique (justamente) sua individualidade no cenário da novíssima MPB, é difícil não associar de cara o trabalho do compositor Totonho à (r)evolução preconizada pelo manguebeat. Para ser mais correto, a música de Totonho leva adiante as idéias de Chico Science, com ênfase ainda maior na invencionice – e na vontade de contemporaneizar o sertão nordestino. Lançando mão generosamente da eletrônica, Totonho obtém um raro efeito de estranhamento no casamento da rusticidade de sua voz (aparentada à de Lenine) com os blips e blops sintetizados. É puro samba do paraíba doido, não raro desgovernado, mas que inevitavelmente impressiona pela vitalidade.

Totonho desossa a tradição nordestina e obtém resultados interessantes em várias faixas. Soa desconstruído e esparso em Segura a Cabra/Romualdo e Zé Resteu (Medley); lança mão de cavaquinho e beats sampleados, colados com a metaleira do Funk Como Le Gusta em Tudo Pra Ser Feliz (que também demonstra um bom letrista); e capricha no groove, filtrado com sutileza, o que cai bem em Musicacubana. Ao recuperar o canto galopante/falado dos repentistas, ataca de forró + eletrônica (Drum’n’bass na Feira) e electro-funk caatingueiro (Babaovomidi). E chega até – no momento mais radical – a misturar hardcore, techno e frevo em Zélimeiriana. Tudo isso fica, em vários momentos, à beira da indigestão. Mas o paraibano acerta ao optar pelo excesso (e não pela escassez) de idéias.

Em meio a tantas referências quase desconexas, Totonho também espanta pelo caminho inverso, o da simplicidade. Ele revela-se um melodista capaz de belas surpresas: Nhém Nhém Nhém, com arranjo mais ortodoxo, é um achado de balanço suave; assim como a lírica Glaciais, só teve a ganhar com sua instrumentação econômica e delicada. Há também espaço para a harmonia manhosa de A Vítima, onde mais uma vez é possível ouvir a influência de Lenine. (Marco Antonio Barbosa)

01 Cabra Pentium
02 Segura A Cabra
03 A Vítima
04 Tudo Pra Ser Feliz
05 A Rainha
06 Nhém Nhém Nhém
07 Glacias
08 Musicacubana
09 Drum & Bass Na Feira
10 Nhém Nhém Nhém ( Reprise )
11 Babaovomidi
12 Zelimeriana
13 Fax Para Cartomante
14 O Vaqueiro

Download

fevereiro 17, 2009 at 4:49 am Deixe um comentário


DNA – DISCOTECA NACIONAL

Este blog nasceu no ano de 2008 e tem como principal existência, difundir a música brasileira de qualidade, seja através de bandas ou DJs.
A prioridade do blog é a difusão de trabalhos independentes. Sabemos que existem blogs que não agem da mesma forma, portanto, se alguém se sentir ofendido ou prejudicado com o conteúdo de alguma postagem, avise-nos por e-mail para que ela seja retirada imediatamente

============================
P.S. O site WORDPRESS não hospeda arquivos de música e os links aqui postados têm prazo de validade limitado. ============================
Administração e conteúdo por Juniani Marzani - DJ 440

Contato: discotecanacional@gmail.com

Categorias

Blog Stats

  • 650,225 hits